Assassino de Santana vai a julgamento no dia 30 de Maio

Sexta-feira, 13 de Abril de 2018

O início do julgamento do homem que assassinou os pais e a irmã enquanto dormiam, no concelho de Santana, no norte da Madeira, a 12 de agosto, está agendado para 30 de maio. O julgamento decorrerá no tribunal da Instância Central da Comarca da Madeira, sendo arguido um homem de 51 anos que está em prisão preventiva e que é acusado pela prática de "três crimes de homicídio qualificado”.

A informação disponibilizada na página da Procuradoria-geral Distrital de Lisboa refere que o homem decidiu matar os familiares “na sequência de frequentes discussões”. A acusação também refere que o arguido “carregou a espingarda do pai e dirigiu-se aos quartos dos familiares, apontando-lhes a arma e disparando-a na direção da cara, atingindo-os”.

A mãe e a irmã tiveram morte imediata e o pai ainda esteve internado no Hospital d Funchal, mas “as lesões provocadas nas três vítimas foram causa adequada e direta das suas mortes”. Os pais do arguido eram emigrantes em França e a irmã residia no Algarve. Estavam a passar férias na residência que possuíam em Santana, na zona norte da ilha da Madeira, sendo ainda desconhecidos os motivos do crime.

 




Publicidade
Publicidade