Agências no número mais baixo desde 1997

Número de estabelecimentos voltou a diminuir em 2019. Houve também redução de pessoal exceto em Santa Cruz, Calheta e Porto Santo. A Madeira tinha, há dois anos, 97 estabelecimentos de bancos, caixas económicas e caixa de crédito agrícola em...

Agências no número mais baixo desde 1997
Número de estabelecimentos voltou a diminuir em 2019. Houve também redução de pessoal exceto em Santa Cruz, Calheta e Porto Santo. A Madeira tinha, há dois anos, 97 estabelecimentos de bancos, caixas económicas e caixa de crédito agrícola em atividade, menos dez do que no ano anterior e menos 22 do que em 2017.Este é o indicador mais baixo das últimas duas décadas e é acompanhado pela redução do número de pessoal ao serviço destes estabelecimentos, com exceção das unidades bancárias localizadas nos municípios de Santa Cruz, Calheta e Porto Santo.Por outro lado, mais de metade (52,6%) dos 97 estabelecimentos de bancos, caixas económicas e caixa de crédito agrícola na Região estavam concentrados no município do Funchal (51 estabelecimentos), surgindo logo a seguir Santa Cruz com 9 estabelecimentos.Já os juros e proveitos equiparados ascenderam aos 49,2 milhões de euros em 2019, menos 1,1% do que em 2018, enquanto as comissões recebidas pelos estabelecimentos bancários localizados na Região rondaram os 27,0 milhões de euros, tendo crescido 0,7% face ao ano precedente.FOTO JOANA SOUSA