ARAE: Máscaras autofiltrantes (FFP2) representam risco para a saúde

A Autoridade Regional das Atividades Económicas (ARAE) lançou um alerta para o perigo da utilização de umas máscaras de proteção individual (KN95) comercializadas on-line, via plataforma desconhecida, da marca “X.Y.T. XiangYanTang”. As máscaras...

ARAE: Máscaras autofiltrantes (FFP2) representam risco para a saúde
A Autoridade Regional das Atividades Económicas (ARAE) lançou um alerta para o perigo da utilização de umas máscaras de proteção individual (KN95) comercializadas on-line, via plataforma desconhecida, da marca “X.Y.T. XiangYanTang”. As máscaras que se identifica "apresentam um risco para a saúde e segurança dos seus utilizadores, dado que, foi detetado pelas entidades competentes de Malta, que a aposição da marcação CE nas embalagens das mesmas não se faz acompanhar da declaração UE de conformidade, tal como previsto na legislação aplicável", começa por referir a ARAE. Assim sendo, esclarece a ARAE, estamos perante um "equipamento de proteção individual (EPI) que na realidade não foi certificado como tal, pelo órgão competente, não sendo, por isso, possível afirmar que estes equipamentos se encontram em conforme com os requisitos essenciais de segurança preconizados na Norma Europeia para proteção respiratória".   No comunicado, a ARAE acrescenta que de acordo com a informação prestada, "o importador situando em Malta “AMAS Co., Ltd.”, estabeleceu medidas voluntárias, nomeadamente a recolha do produto junto dos utilizadores finais".