Brício Araújo aumenta Bolsas de Estudo em 50ssegura Manuais Escolares gratuitos até ao 12º ano

Brício Araújo assume o compromisso de apostar mais na educação dos jovens.  “Ao contrário do atual Executivo camarário, que tem manifestado um complexo relativamente às pessoas formadas, nós pretendemos apostar fortemente na educação e na formação...

Brício Araújo aumenta Bolsas de Estudo em 50ssegura Manuais Escolares gratuitos até ao 12º ano
Brício Araújo assume o compromisso de apostar mais na educação dos jovens.  “Ao contrário do atual Executivo camarário, que tem manifestado um complexo relativamente às pessoas formadas, nós pretendemos apostar fortemente na educação e na formação dos nossos jovens e é nestas circunstâncias que assumimos um compromisso sério de apoio a todos aqueles que, neste momento, se encontram no seu processo formativo, estendendo os apoios aos Manuais Escolares até ao ensino secundário, dando também uma atenção especial aos estudantes que frequentam o Ensino Superior, através do aumento das Bolsas de Estudo em 50%” afirmou, hoje, o candidato pela coligação PSD/CDS à Câmara Municipal de Santa Cruz, Brício Araújo, esclarecendo que o montante máximo destas Bolsas irá até aos 1.500 euros, quando assumir funções, mais 500 euros que a autarquia atualmente assegura.  Medidas que integram aquela que é uma estratégia da coligação “Cumprir Santa Cruz”, muito focada na formação dos jovens ao longo da vida, preocupação essa que Brício Araújo entende fundamental como resposta a um concelho que se quer mais preparado para enfrentar e ultrapassar, com sucesso, os desafios do futuro. “Com estes apoios, vamos abranger, não só os jovens que frequentam licenciaturas e mestrados, como também os cursos técnicos profissionais. Queremos muito ter uma população competente, esclarecida e preparada para enfrentar os grandes desafios que se avizinham”, disse, na ocasião, o cabeça de lista da coligação “Cumprir Santa Cruz”, demarcando-se daquilo que considera ser um “discurso lamentável, separatista e pouco abonatório, por parte do JPP, relativamente à educação”. Brício Araújo, nesta iniciativa, assumiu também o compromisso de reforçar todos os apoios sociais em vigor e, inclusive, introduzir novas ajudas, destinadas a quem mais precisa. “Sabemos que existem pessoas que enfrentam situações dramáticas neste concelho, e por este motivo, vamos efetivamente reforçar os apoios sociais introduzir novos apoios, indo ao encontro das necessidades daqueles que se encontram em situações de maior fragilidade”, disse, a este propósito, deixando claro que o atual executivo camarário tem revelado pouca abertura para a economia, precisamente uma das apostas da candidatura que lidera. “Nós temos uma atenção muito especial em relação à economia porque entendemos que é a partir da dinamização económica que vamos criar novas plataformas de emprego, que vamos atrair mais investimento e que vamos evitar, a montante, que as pessoas sejam levadas para uma situação de fragilidade que as obrigue, depois, a terem de recorrer aos apoios sociais”, disse. Brício Araújo, a rematar, e respondendo às críticas daqueles que afirmam a existência de projetos políticos “de doutores e engenheiros”, foi taxativo ao afirmar que, ao contrário do JPP, o projeto que apresenta é um projeto para todos. “Nós não temos nada contra as pessoas com maior formação ou menor formação, temos, sim, um projeto que é abrangente, que serve toda a gente, que serve as pessoas que nasceram no concelho, mas, também as que não nasceram e escolheram Santa Cruz para viver, portanto, não contem connosco para diferenciar a população. Contem connosco, sim, para dar uma atenção muito especial a todos aqueles que vivem em Santa Cruz, e que, com certeza, com o nosso projeto político, terão melhores condições para viver neste concelho, para aqui ver crescer os seus filhos, mas, também, para envelhecer”, concluiu o candidato da coligação “Cumprir Santa Cruz”.