Carlos Pereira considera amedrontada a posição de Sérgio Marques sobre os fundos

O deputado do Partido Socialista-Madeira à Assembleia da República, Carlos Pereira, defende que a Região tem de ter um aumento substancial dos fundos da União Europeia Esta é uma posição que o parlamentar socialista tem vindo já a assumir por...

Carlos Pereira considera amedrontada a posição de Sérgio Marques sobre os fundos
O deputado do Partido Socialista-Madeira à Assembleia da República, Carlos Pereira, defende que a Região tem de ter um aumento substancial dos fundos da União Europeia Esta é uma posição que o parlamentar socialista tem vindo já a assumir por diversas vezes, entendendo este que a Madeira «deve, obviamente, manter todas as condições associadas à ultraperiferia, em que as taxas de comparticipação (também) traduzem essa discriminação positiva». Refira-se que, ainda durante a campanha eleitoral, a candidatura socialista apontou como uma das suas prioridades para esta legislatura lutar para conseguir que a Madeira tenha um aumento substancial de verbas no próximo quadro comunitário de apoio, em particular no FEDER e FSE. Lembrando este compromisso por si assumido e todo o trabalho já desenvolvido ao colocar na linha de prioridades do governo da república a correção das injustiças à Madeira, Carlos Pereira considera, assim, «fraquinha» e amedrontada a posição ontem tomada pelo deputado social-democrata Sérgio Marques, ao defender a manutenção dos fundos da União Europeia. Refere mesmo que é uma posição que não defende o interesse dos madeirenses e volta a apelar à construção de posições comuns no que é relevante para a Madeira ter condições para se desenvolver.