Cláudia Monteiro de Aguiar quer garantias de que bazuca europeia não cairá na TAP

A eurodeputada do PSD, Cláudia Monteiro de Aguiar, questionou, hoje, Pedro Nuno Santos sobre se “estaria em condições de assegurar, no parlamento europeu, que a bazuca europeia e estes apoios extraordinários criados, não iriam ser disparados...

Cláudia Monteiro de Aguiar quer garantias de que bazuca europeia não cairá na TAP
A eurodeputada do PSD, Cláudia Monteiro de Aguiar, questionou, hoje, Pedro Nuno Santos sobre se “estaria em condições de assegurar, no parlamento europeu, que a bazuca europeia e estes apoios extraordinários criados, não iriam ser disparados para a TAP”. “É importante saber se não deixará a ferrovia em Portugal em estilhaços, com este possível desvio de apoios, porque há outros sectores importantíssimos que precisam de ser ajudados”, disse a responsável, durante a sua intervenção na Comissão dos Transportes e Turismo no Parlamento Europeu, que recebeu o Ministro das Infraestruturas e da Habitação e a Secretária de Estado para o Turismo o âmbito da apresentação das prioridades da Presidência portuguesa do Conselho para os transportes e Turismo. Pedro Nuno Santos, em resposta à eurodeputada, afirmou que Portugal “em nenhum momento e em nenhuma situação deixará cair a sua companhia de bandeira” e comprometeu-se a não ejetar montantes da bazuca europeia na TAP, uma vez que “as regras europeias não permitem que esse dinheiro seja aplicado no resgate das companhias aéreas”. Já quanto à questão do aeroporto, o ministro optou por não se pronunciar. Neste debate, Cláudia Monteiro de Aguiar interrogou ainda o governo sobre a forma de tornar “esta ambição em propostas concretas para a hotelaria e para a restauração”, evidenciando que no plano de recuperação nacional “a referência ao turismo é paupérrima”.