Covid-19: Festas de São Pedro de Câmara de Lobos canceladas

Pedro Coelho, presidente da autarquia Câmara-lobense, confirmou hoje o cancelamento das Festas de São Pedro de Câmara de Lobos, festividade em honra do Santo Popular e do Santo Padroeiro dos Pescadores São Pedro Gonçalves Telmo, que se realizariam...

Covid-19: Festas de São Pedro de Câmara de Lobos canceladas
Pedro Coelho, presidente da autarquia Câmara-lobense, confirmou hoje o cancelamento das Festas de São Pedro de Câmara de Lobos, festividade em honra do Santo Popular e do Santo Padroeiro dos Pescadores São Pedro Gonçalves Telmo, que se realizariam no próximo mês de junho entre os dias 26 e 30. As Festas de São Pedro de Câmara de Lobos, são um importante cartaz do Turístico atraindo todos os anos milhares de visitantes, não só pelo cartaz musical, mas sobretudo pelas decorações de rua, criadas pelas associações do Concelho, que abrilhantam a baixa da cidade. Decorações que eram já uma referência a nível regional, nacional e internacional, pela sua originalidade e uso de materiais recicláveis e que valeram vários prémios a associações envolvidas As decorações eram mantidas ao longo de todo o verão, revelando-se uma mais-valia para o comércio local, que registava, segundo dados recolhidos junto dos comerciantes, um aumento de vendas na ordem dos 20% ao longo de toda a época estival. No entanto, dadas as condições atuais, tendo em vista a salvaguarda da saúde das pessoas, seguindo as orientações do IA-SAÚDE, de acordo com o determinado em Conselho de Governo Regional, de 16 de março, em que foi estabelecido “suspender todos os eventos desportivos, culturais e sociais que impliquem aglomerados de pessoas” até ao 90.º dia útil após a declaração de fim de estado de emergência, o executivo Câmara-lobense decidiu não avançar com a realização do evento. Segundo Pedro Coelho, “Neste momento a situação no fim de junho é uma incógnita e as datas da Festa iriam, com toda a certeza, coincidir dentro do período de 90 dias subsequentes ao hipotético fim do estado de emergência. Além disso a preparação de um evento com a dimensão das Festas de São Pedro de Câmara de Lobos, exige a afetação de recursos humanos e monetários de forma atempada. As associações por esta altura já estariam a ultimar os seus projetos decorativos, mas tal poria em causa a saúde dessas pessoas a quem se pede que fiquem em casa. A colocação das decorações são realizadas pelos operacionais da autarquia e não podemos por também o bem-estar dos nossos colaboradores em causa.” De acordo com a autarquia o cartaz da Festa ainda não estava fechado, pelo que o investimento feito até ao momento da decisão, hoje tomada, não era muito significativo. Tal facto permitirá a reafetação dos valores previstos para a Festa, para programas de ajuda direta às famílias do concelho, afetadas pelos efeitos adversos da paragem repentina da economia. Pedro Coelho afirma que “Tenho a consciência que as festas e as decorações de verão tinham um impacto extremamente positivo no comércio local, mas sei que esses mesmos comerciantes compreendem as razões do cancelamento. Em primeiro lugar está a saúde pública. Há que ter esperança que a situação em junho esteja mais normalizada, mas seria prematuro e irresponsável promover eventos com o potencial de movimentar grandes aglomerados de pessoas. Em 2021 celebraremos em força, todos juntos, mais próximos, com alegria e fé redobrada”.