Covid-19: Itália registou menos de 100 mortes em 24 horas pela primeira vez em dois meses

A Itália registou hoje, pela primeira vez em dois meses, menos de cem mortes em 24 horas, com covid-19, disseram as autoridades. O número de novos óbitos desde domingo foi 99, um número assinalado como sendo a primeira vez que se baixou da...

Covid-19: Itália registou menos de 100 mortes em 24 horas pela primeira vez em dois meses
A Itália registou hoje, pela primeira vez em dois meses, menos de cem mortes em 24 horas, com covid-19, disseram as autoridades. O número de novos óbitos desde domingo foi 99, um número assinalado como sendo a primeira vez que se baixou da fasquia diária de cem registos, desde fevereiro, mas o número total é agora de 32.007. A Proteção Civil registou 451 novas infeções, também o melhor número desde 02 de março, fazendo subir o total de contaminações para 225.886. O número de casos ativos diminuiu em 1.798, nas últimas 24 horas, sendo agora de 66.553. A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 315.000 mortos e infetou mais de 4,7 milhões de pessoas em 196 países e territórios. Mais de 1,7 milhões de doentes foram considerados curados. A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China. Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano passou agora a ser o que tem mais casos confirmados (quase 2,1 milhões contra 1,9 milhões no continente europeu), embora com menos mortes (cerca de 125 mil contra mais de 166 mil). Para combater a pandemia, os governos mandaram para casa 4,5 mil milhões de pessoas (mais de metade da população do planeta), paralisando setores inteiros da economia mundial, num “grande confinamento” que vários países já começaram a aliviar face à diminuição dos novos contágios.