Covid-19: Treinador-adjunto do Burnley é um dos seis infetados na Premier League

O treinador-adjunto do Burnley, Ian Woan, é uma das seis pessoas, entre futebolistas e funcionários de três clubes da Premier League, que testaram positivo no rastreio à covid-19, informou hoje o 10.º classificado da Liga inglesa. Em comunicado...

Covid-19: Treinador-adjunto do Burnley é um dos seis infetados na Premier League
O treinador-adjunto do Burnley, Ian Woan, é uma das seis pessoas, entre futebolistas e funcionários de três clubes da Premier League, que testaram positivo no rastreio à covid-19, informou hoje o 10.º classificado da Liga inglesa. Em comunicado divulgado no site oficial, os ‘clarets' confirmam que o adjunto do técnico Sean Dyche está infetado com o novo coronavírus e que vai permanecer em isolamento nos próximos sete dias, antes de ser novamente testado, em 25 de maio. O Burnley informa ainda que Ian Woan "está assintomático e encontra-se em segurança, em casa". A Premier League informou hoje que seis pessoas, entre futebolistas e funcionários de três clubes da Liga inglesa de futebol, testaram positivo à covid-19, durante os exames efetuados a 748 jogadores e funcionários dos clubes, no domingo, dia 17 de maio, e segunda-feira, 18. O organismo não revelou a identidade das pessoas nem o nome dos clubes. A Premier League foi interrompida no início de março devido à pandemia da covid-19, numa altura em que o Liverpool tinha caminho livre para ser campeão, já que lidera a prova com mais 25 pontos do que o Manchester City, de Bernardo Silva e João Cancelo. Algumas equipas inglesas retomaram hoje os treinos no relvado, em sessões com pequenos grupos, não sendo permitido, para já, o contacto nos treinos, além de que todos os jogadores e treinadores têm de respeitar o distanciamento social. O regresso dos campeonatos de futebol em junho faz parte da segunda etapa do plano de desconfinamento do Reino Unido, onde já morreram 35.341 pessoas entre mais de 249 mil casos de infeção por covid-19 confirmados.