Desemprego jovem diminuiu para metade desde 2015, acentua Rita Andrade

Os números do desemprego registado entre os jovens na Madeira diminuíram para quase metade, desde 2015, quando se verificava uma taxa de 46,1%, estando atualmente em 26,3%, de acordo com dados do segundo trimestre do ano. Isso mesmo adiantou,...

Desemprego jovem diminuiu para metade desde 2015, acentua Rita Andrade
Os números do desemprego registado entre os jovens na Madeira diminuíram para quase metade, desde 2015, quando se verificava uma taxa de 46,1%, estando atualmente em 26,3%, de acordo com dados do segundo trimestre do ano. Isso mesmo adiantou, esta tarde, à comunicação social, a secretária regional da Inclusão e Assuntos Sociais, Rita Andrade, na cerimónia de entrega de prémios a quatro, de seis jovens empreendedores que beneficiaram de apoios do Instituto de Emprego da Madeira para criar as suas empresas. O PEED, Programa de Estímulo ao Empreendedorismo de Desempregados, é uma das 15 medidas de emprego disponibilizadas pelo IEM, que tem ajudado a diminuir o desemprego jovem nos últimos anos, congratulou-se a governante. Assim, desde abril de 2015, foram aprovados “mais de 70 projetos, que criaram mais de 120 postos de trabalho, só de jovens até aos 29 anos”, precisou, frisando ainda ser muito importante que estas ideias tenham sucesso, sob pena dos seus promotores terem de devolver as verbas deste apoio. Rita Andrade explicou também que alguns dos requisitos para os jovens que se queiram candidatar ao PEED é estarem numa situação de “desemprego involuntário” e os incentivos podem ir até um montante máximo de 40 mil euros, mediante a criação de até quatro postos de trabalho.