FNAC Madeira: Miguel Silva Gouveia inaugurou exposição sobre igualdade de género

O presidente da Câmara Municipal do Funchal, Miguel Silva Gouveia, e a Vereadora com o pelouro da Igualdade de Género na Autarquia, Madalena Nunes, marcaram presença, esta manhã, na abertura da exposição coletiva de arte contemporânea “=DADE/G”,...

FNAC Madeira: Miguel Silva Gouveia inaugurou exposição sobre igualdade de género
O presidente da Câmara Municipal do Funchal, Miguel Silva Gouveia, e a Vereadora com o pelouro da Igualdade de Género na Autarquia, Madalena Nunes, marcaram presença, esta manhã, na abertura da exposição coletiva de arte contemporânea “=DADE/G”, que decorreu na FNAC Madeira.  Esta é uma das primeiras iniciativas da CMF no âmbito das celebrações do Dia Internacional das Mulheres 2021, que se comemora na próxima segunda-feira, dia 8 de março. Miguel Silva Gouveia referiu, na ocasião, que “estamos a repor aqui neste espaço do Café FNAC uma exposição de muito sucesso no passado e que expõe diversas obras sobre a igualdade de género. Esta é a segunda mostra deste trabalho que reúne o importante contributo e participação de vários artistas madeirenses”  “Trata-se de uma reflexão sobre as temáticas da atualidade, nomeadamente sobre os efeitos que a própria pandemia tem provocado ao nível da violência doméstica, da desigualdade salarial entre géneros, nas diferenças de oportunidades em relação ao acesso ao emprego e até mesmo na gestão do teletrabalho”, acrescentou.  A exposição estará patente de 5 a 25 de março na FNAC Madeira situada no Centro Comercial Madeira Shopping. Recorde-se que, este ano, a Câmara Municipal do Funchal está a assinalar o Dia Internacional das Mulheres ao longo de todo o mês de março com um abrangente programa de sensibilização e debate. O Presidente conclui que “é cada vez mais importante que se continue a sensibilizar a população para estas matérias que nos levam a pensar a forma como a igualdade está a ser trabalhada e os impactos negativos que a própria pandemia está a provocar na igualdade de género. Neste sentido, o Funchal vai continuar a trabalhar na promoção da igualdade entre mulheres e homens, e na prevenção e combate a qualquer tipo de violência contra as mulheres.”