Gabriel Neto quer casas para fixar população na Calheta

O líder regional do CDS-PP, Rui Barreto, acompanhou, esta tarde, o candidato do CDS à Câmara Municipal da Calheta, Gabriel Neto, numa ação de campanha, no sítio da Estrela. Gabriel Neto, no seu discurso, começa por lembrar que o CDS costuma...

Gabriel Neto quer casas para fixar população na Calheta
O líder regional do CDS-PP, Rui Barreto, acompanhou, esta tarde, o candidato do CDS à Câmara Municipal da Calheta, Gabriel Neto, numa ação de campanha, no sítio da Estrela. Gabriel Neto, no seu discurso, começa por lembrar que o CDS costuma ter boas votações no concelho da Calheta e a esperança do atual candidato é obter o melhor resultado de sempre. Neto aproveitou a oportunidade para reivindicar que, parte da verba do Plano de Recuperação e Resiliência, destinado à habitação, venha para a Calheta, comprometendo-se que, se for poder, irá bater o pé para que essa seja uma realidade. "A criação de fogos, em todas as freguesias, para os casais jovens se fixarem no concelho, será uma batalha do CDS", afiançou Gabriel Neto. Por sua vez, Rui Barreto, garantiu que era uma profunda injustiça que os 136 milhões de euros do Plano de Recuperação e Resiliência, só para a habitação, ficassem concentrados apenas no Funchal, pelo que demonstrou que a coesão social e territorial na distribuição dos investimentos que vêm através do PRR é uma prioridade para o CDS. Barreto deu como exemplo, a situação dos jovens casais que têm dificuldade em ir ao crédito bancário, pelo que devemos aproveitar as verbas do PRR para criar habitação a custos controlados e apoiar a renda acessível, ou seja, um casal não pode pagar mais de 30% do rendimento líquido para a habitação, entrando aqui os fundos do PRR para ajudar estas famílias a se fixarem neste concelho. O líder do CDS termina, afirmando que a aposta do Gabriel Neto e de toda a sua equipa na Calheta é a aposta certa. Rui Barreto caracteriza Gabriel Neto como uma pessoa muito trabalhadora, que não caiu de paraquedas, que não veio do Funchal para a Calheta em véspera de eleições, em suma, é um calhetense de gema, que vai defender a agricultura, os jovens casais, o investimento, a economia, com um único propósito, defender e lutar pelo que for melhor para o concelho e para os calhetenses.