Gouveia diz que o GR não reservou um único cêntimo do PRR para os municípios

Coligação Confiança está em comício na Quinta Falcão, em Santo António. Miguel Silva Gouveia, candidato da coligação Confiança à Câmara Municipal do Funchal, em comício na Quinta Falcão, em Santo António, disse que a "Autonomia tem servido...

Gouveia diz que o GR não reservou um único cêntimo do PRR  para os municípios
Coligação Confiança está em comício na Quinta Falcão, em Santo António. Miguel Silva Gouveia, candidato da coligação Confiança à Câmara Municipal do Funchal, em comício na Quinta Falcão, em Santo António, disse que a "Autonomia tem servido para tudo, menos para desenvolver a comunidade", acrescentando que "a autonomia não pode servir de arma de arremesso". O candidato diz que "na Madeira não se cumpre a lei das finanças locais, considerando que o Governo Regional deve ao Funchal 1.2 milhões de euros em participação de IVA" e que a "descentralização de competências é uma miragem". Com a presença de António Costa, secretário-geral do PS nacional, Miguel Silva Gouveia diz que o Governo Regional não reservou nem um único cêntimo dos 700 milhões de euros do Plano de Recuperação e Resiliência para os municípios", afirmando que o PRR "transformou-se num banquete onde o Governo Regional seleciona a dedo aqueles que lá se sentam". Numa alusão às promessas eleitorais de Pedro Calado, cabeça-de-lista da coligação Funchal Sempre à Frente, Miguel Silva Gouveia disse que em caso de vitória "o Funchal vai exigir à Secretaria das Finanças a redução de impostos, à Secretaria do Ambiente a requalificação e ampliação do Jardim das Madalenas, exigir ao Instituto de Habitação da Madeira (IHM) a requalificação da Mata da Nazaré e exigir à Secretaria das Infraestruturas a aplicação de 8 milhões de euros em seis nós rodoviários". O candidato acrescenta ainda a exigência à Secretaria da Saúde da gratuidade de teleconsultas para todos os funchalenses, ao Governo Regional a pacificação dos litígios que tem com a Câmara Municipal do Funchal, ao IHM a requalificação dos bairros da Nazaré, Romeiras e Ribeira Grande e à Horários do Funchal que cumpra o serviço público nas zonas altas de São Roque, Santo António e Santa Maria Maior.