Imprensa Nacional lança Prémio Jornalismo de Excelência Vicente Jorge Silva

A Imprensa Nacional, editora pública em Portugal e parte integrante da Imprensa Nacional-Casa da Moeda (INCM), lança hoje o Prémio Jornalismo de Excelência Vicente Jorge Silva, uma iniciativa que pretende promover o jornalismo de distinção...

Imprensa Nacional lança Prémio Jornalismo de Excelência Vicente Jorge Silva
A Imprensa Nacional, editora pública em Portugal e parte integrante da Imprensa Nacional-Casa da Moeda (INCM), lança hoje o Prémio Jornalismo de Excelência Vicente Jorge Silva, uma iniciativa que pretende promover o jornalismo de distinção e homenagear o jornalista Vicente Jorge Silva que faleceu hoje.  Visando jovens jornalistas, com menos de 30 anos de idade e em início de carreira, o Prémio Jornalismo de Excelência Vicente Jorge Silva irá eleger, anualmente, o(a) autor (a) da melhor peça noticiosa atribuindo-lhe um valor de 5.000€. A escolha do meio de comunicação social onde será publicado o trabalho premiado será feita de forma rotativa pelo júri e a sua publicação contará com o suporte financeiro da Imprensa Nacional. O Júri do Prémio Jornalismo de Excelência Vicente Jorge Silva é presidido por Nicolau Santos, presidente da Agência Lusa e contará com Manuel Carvalho, diretor do jornal Público e com João Vieira Pereira, diretor do Expresso, dois jornais marcantes na carreira de Vicente Jorge Silva.  Gonçalo Caseiro, presidente da INCM, assinala que "Vicente Jorge Silva é mais do que um ícone da comunicação social livre e bem pensante: foi uma figura marcante do jornalismo em Portugal, antes e depois do 25 de Abril, e uma personalidade presente e ativa na defesa da cultura portuguesa. É uma honra para a Imprensa Nacional fazer parte deste prémio que homenageia uma figura de referência do jornalismo português". Nicolau Santos, presidente do júri do Prémio Jornalismo de Excelência Vicente Jorge Silva, refere que "aceitar o convite para presidir ao prémio que a Imprensa Nacional-Casa da Moeda decidiu instituir para preservar a memória de Vicente Jorge Silva e incentivar o grande jornalismo é uma enorme honra e uma pesada responsabilidade. Uma enorme honra porque Vicente Jorge Silva foi o jornalista mais importante na imprensa escrita em Portugal desde o início de 60 até aos anos 90 do século XX e deixa uma marca incontornável no panorama editorial, com três projetos indissociáveis da luta pela liberdade, pela democracia parlamentar e pelo  cosmopolitismo internacional e cultural: o Comércio do Funchal, a Revista do Expresso e o Público. Uma pesada responsabilidade porque este prémio visa estimular aquilo que mais tem vindo a definhar na imprensa escrita nacional: a capacidade de investigar criteriosamente, de fazer extraordinárias reportagens, de contar histórias surpreendentes, de concretizar entrevistas inesquecíveis, nunca se restringindo aos 92.000 km2 que as fronteiras portuguesas delimitam. Vicente Jorge Silva mudou o jornalismo português e a forma de o fazer. Este prémio visa conseguir, junto de todos que nunca deixaram de estar apaixonados pela melhor profissão do mundo – como ele sempre esteve -, que o seu inesquecível legado nunca se perca e se replique eternamente". A imagem e identidade do Prémio Jornalismo de Excelência Vicente Jorge Silva, serão desenvolvidas por Henrique Cayatte, Designer e Ilustrador português com um vasto trabalho na área editorial. Convidado por Vicente Jorge Silva para integrar a criação do jornal Público, Henrique Cayatte foi cofundador, editor gráfico, ilustrador e autor do design de toda a publicação e suplementos do jornal.