Joe Biden destaca vacinação e esperança de regresso à normalidade

O presidente dos Estados Unidos destacou hoje os progressos na vacinação contra a covid-19, capazes de permitirem a esperança de um regresso à normalidade no país até à festa nacional de 4 de julho. Num discurso à vez grave e otimista, Joe...

Joe Biden destaca vacinação e esperança de regresso à normalidade
O presidente dos Estados Unidos destacou hoje os progressos na vacinação contra a covid-19, capazes de permitirem a esperança de um regresso à normalidade no país até à festa nacional de 4 de julho. Num discurso à vez grave e otimista, Joe Biden ordenou a todos os estados o levantamento progressivo das restrições de idade, para que todos os norte-americanos adultos possam ser vacinados até 1 de maio. "É mais cedo do que o previsto", disse. Biden referiu-se a uma trajetória que permite ter "uma boa hipótese" de um 4 de julho festivo em que os norte-americanos possam reunir-se em pequenos grupos em torno do tradicional churrasco, mas deixou uma advertência: "este combate está longe de ter terminado", para logo de seguida manifestar a convicção de que "melhores dias" virão. Nas palavras do presidente recentemente eleito, os EUA demonstraram bem cedo terem "vencido um dos períodos mais sombrios e mais duros" da sua história. "Todos perdemos algo", sublinhou Joe Biden, ao lembrar o ano passado. "As pequenas coisas da vida são as mais importantes e são essas que nos faltam", acrescentou. Denunciou ainda os "ataques inaceitáveis" contra os norte-americanos de origem asiática e anunciou o destacamento de mais quatro mil soldados na campanha de vacinação, o que eleva o número total para seis mil.