Mais de 22 mil empresas aderiram ao ‘lay-off’ simplificado

Só em janeiro, mais de 22 mil empresar, obrigadas a encerrar ou suspender a atividade devido ao novo confinamento, aderiram ao ‘lay-off’ simplificado. A informação foi avançada, hoje, pelo Instituto da Segurança Social (ISS), que garantiu que...

Mais de 22 mil empresas aderiram ao ‘lay-off’ simplificado
Só em janeiro, mais de 22 mil empresar, obrigadas a encerrar ou suspender a atividade devido ao novo confinamento, aderiram ao ‘lay-off’ simplificado. A informação foi avançada, hoje, pelo Instituto da Segurança Social (ISS), que garantiu que os apoios serão pagos na quinta-feira. Ao todo, serão abrangidos cerca de 86,3 mil trabalhadores com este apoio. “Estas empresas receberão já no próximo dia 28 um pagamento no montante total de 20,3 milhões de euros, garantindo num espaço curto de tempo uma injeção de liquidez nesta fase de paragem de atividade”, esclareceu o instituto numa nota publicada na página da Segurança Social. Recorde-se que, com este apoio destinado a empresas obrigadas a encerrar ou a suspender a atividade, os trabalhadores veem assegurado 100% da sua remuneração até ao limite de três salários mínimos nacionais (1.995 euros), dos quais cabe às empresas pagar 19%. O ‘lay-off’ simplificado esteve em vigor em 2020, durante a primeira fase da pandemia, tendo abrangido nessa altura cerca de 115 mil empresas e 950 mil trabalhadores.