Manifestação contra governo libanês acaba com intervenção policial e 48 feridos

Centenas de manifestantes libaneses protestaram hoje em Beirute, no Líbano, contra a impotência do governo liderado por Hassan Diab para fazer frente ao colapso económico do país, surgindo confrontos com os apoiantes xiitas do Hezbollah. Esta...

Manifestação contra governo libanês acaba com intervenção policial e 48 feridos
Centenas de manifestantes libaneses protestaram hoje em Beirute, no Líbano, contra a impotência do governo liderado por Hassan Diab para fazer frente ao colapso económico do país, surgindo confrontos com os apoiantes xiitas do Hezbollah. Esta mobilização, que decorreu na Praça dos Mártires, no centro da capital libanesa, foi acompanhada de conflitos entre os manifestantes e a polícia, que foi obrigada a recorrer à utilização de gás lacrimogéneo. Segundo a Cruz Vermelha libanesa 48 pessoas ficaram feridas, das quais 37 foram tratadas no local. A manifestação de hoje foi a primeira desde que as autoridades começaram a aligeirar as medidas de confinamento, imposto em meados de março, para combater a propagação do novo coronavírus. Já durante a noite, de acordo com as forças de segurança, houve troca de tiros entre os habitantes de um bairro sunita, bastião do antigo primeiro-ministro Saad Hariri e um bairro xiita, bastião do partido Amal.