Nowo já pode explorar comercialmente a tecnologia 5G

A Nowo já pode explorar comercialmente a tecnologia 5G, depois de a Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom) ter aprovado hoje a emissão do título dos direitos de utilização de frequências (DUF) na sequência do leilão. "Esta decisão foi...

Nowo já pode explorar comercialmente a tecnologia 5G
A Nowo já pode explorar comercialmente a tecnologia 5G, depois de a Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom) ter aprovado hoje a emissão do título dos direitos de utilização de frequências (DUF) na sequência do leilão. "Esta decisão foi adotada na sequência do pagamento efetuado pela empresa dos valores devidos pelo espectro ganho no referido leilão, em conformidade com o que determina o regulamento do leilão", refere a Anacom, em comunicado. "Assim se conclui, para esta empresa, o processo do leilão e atribuição das frequências", sendo que a partir de agora a Nowo "pode dar início à exploração comercial das frequências atribuídas". A Anacom "continuará a dar, como tem vindo a fazer, máxima prioridade à emissão dos títulos na sequência da concretização, por parte dos licitantes, dos pagamentos e do envio das respostas às audiências prévias relativas aos projetos de decisão relativos a esses títulos". A NOS, Dense Air e Vodafone Portugal já têm emissão do título das DUF. Os DUF do leilão 5G foram atribuídos à Dense Air, Dixarobil Telecom, Meo (Altice Portugal), NOS, Nowo Communications e Vodafone Portugal.