Óbito/Quintana: "Ficará para sempre no coração de todos nós" - Pinto da Costa

O presidente do FC Porto, Pinto da Costa, lamentou hoje a morte de Alfredo Quintana, guarda-redes da equipa de andebol do clube, garantindo que ficará para sempre no coração dos que privaram com ele. "Partiu, deixou-nos um grande vazio, mas...

Óbito/Quintana:
O presidente do FC Porto, Pinto da Costa, lamentou hoje a morte de Alfredo Quintana, guarda-redes da equipa de andebol do clube, garantindo que ficará para sempre no coração dos que privaram com ele. "Partiu, deixou-nos um grande vazio, mas ficará para sempre no coração de todos nós, de todos os que com ele conviveram, no seio sobretudo dos que lutaram dia a dia, juntamente com ele, para que o clube que ele amava, o FC Porto, fosse cada vez maior", disse o líder dos 'dragões'. Em declarações à FC Porto TV, Pinto da Costa lamentou a morte de "um grande homem, um grande atleta, um grande portista, um cidadão exemplar", quando estava "na força da vida, aos 32 anos", após "11 anos dedicados de alma e coração ao FC Porto". "Foi uma maravilha de atleta. Dedicou-se ao FC Porto a 100 por cento e, ao fim de quatro anos, quis assumir a nacionalidade portuguesa, pois, segundo disse, não queria mais sair do FC Porto. Infelizmente, este acidente lamentável e triste levou-o de junto de nós fisicamente, porque espiritualmente o Quintana só desaparecerá no dia em que partir o último de todos aqueles que com ele lidaram. Será uma memória viva para todos nós", referiu. Alfredo Quintana morreu hoje, aos 32 anos, após sofrer uma paragem cardiorrespiratória na segunda-feira, durante o treino dos ‘azuis e brancos’, ao serviço dos quais conquistou seis campeonatos, uma Taça e duas Supertaças.