Opositor que chamou “palhaço” a Xi Jinping condenado a 18 anos de prisão

Ren Zhiqiang escreveu um artigo a criticar a resposta do Governo chinês à pandemia de covid-19 e acabou detido e expulso do Partido Comunista Chinês. Dissidentes falam em “perseguição política”. De acordo com a notícia publicada hoje pelo jornal...

Opositor que chamou “palhaço” a Xi Jinping condenado a 18 anos de prisão
Ren Zhiqiang escreveu um artigo a criticar a resposta do Governo chinês à pandemia de covid-19 e acabou detido e expulso do Partido Comunista Chinês. Dissidentes falam em “perseguição política”. De acordo com a notícia publicada hoje pelo jornal Público, apesar de Ren Zhiqiang nunca ter referido Xi Jinping diretamente pelo nome (depois de um discurso do Presidente chinês a defender a resposta do Partido Comunista Chinês (PCC) à crise do coronavírus em Wuhan, o magnata escreveu que viu um “palhaço que vai nu mas que insiste em passar por imperador”. Em Março, Ren Zhiqiang desapareceu, tendo sido confirmado no mês seguinte que estava sob custódia das autoridades chinesas, que abriram uma investigação por “suspeita de graves violações de disciplina e da lei”. Em Julho, foi expulso do partido (PCC), acusado de falta de lealdade ao partido.