“Os cidadãos são os únicos que podem reverter esta tendência”, afirma presidente do CHLN

O presidente do conselho de administração do Centro Hospitalar Lisboa Norte 8 (de que faz parte o Hospital Santa Maria), em entrevista à Rádio Renascença, defendeu o fecho das escolas e deixou um aviso: a manter-se a tendência de aumento de...

“Os cidadãos são os únicos que podem reverter esta tendência”, afirma presidente do CHLN
O presidente do conselho de administração do Centro Hospitalar Lisboa Norte 8 (de que faz parte o Hospital Santa Maria), em entrevista à Rádio Renascença, defendeu o fecho das escolas e deixou um aviso: a manter-se a tendência de aumento de casos, “prevemos que não haja capacidade de atendimento para todos”. Falando no programa As Três da Manhã, Daniel Ferro disse que "o limite previsto para o atendimento covid já foi esgotado" e que "a mobilização de recursos e outros meios começa a não ter mais margem”. Neste momento, adiantou, "estão internados no Hospital de Santa Maria “206 doentes”. “Os cidadãos são os únicos que podem reverter esta tendência e se estas medidas [do Governo] não surtirem efeitos, não conseguiremos atender toda a gente”, avisou, reforçando que “é uma responsabilidade de todos nós o cumprimento rigoroso” das medidas estipuladas pelo Governo e autoridades sanitárias". “A infeção vai continuar a proliferar e os efeitos, se se mantiver a tendência, é que todos seremos vítimas disso”, alertou. Acerca das escolas, o presidente do conselho de administração do Centro Hospitalar Lisboa Norte defendeu o seu encerramento, salientando que "não existe uma evidencia muito clara, com realidades muito diferentes de país para país, mas algum efeito haverá”, começou por dizer. “Se for uma suspensão breve, o ano letivo pode não correr grande risco e todo o efeito que se possa obter neste momento é positivo”, concretiza.