Pandemia atingiu marca histórica

Apandemia de coronavírus atingiu mais uma marca histórica. O número acumulado de casos de Covid-19 no mundo inteiro ultrapassou esta terça-feira os 100 milhões, segundo os dados compilados pela Universidade Johns Hopkins. O mundo supera os...

Pandemia atingiu marca histórica
Apandemia de coronavírus atingiu mais uma marca histórica. O número acumulado de casos de Covid-19 no mundo inteiro ultrapassou esta terça-feira os 100 milhões, segundo os dados compilados pela Universidade Johns Hopkins. O mundo supera os 100 milhões de infeções numa fase ambígua da pandemia. Por um lado, as vacinas contra a Covid-19 trouxeram uma nova esperança no combate à doença. Mas por outro lado, vários países no mundo estão a reportar números mais elevados de novos contágios e um ritmo de propagação do SARS-CoV-2 mais rápido. Ao agravamento do panorama não é alheio o surgimento de novas estirpes do vírus que são mais contagiosas. Recentemente, foram detetadas três novas variantes que estão a gerar preocupações acrescidas na comunidade internacional: a britânica, a sul-africana e a brasileira. Os Estados Unidos são o país mais afetado do mundo. A nação contabiliza um quarto do total de casos confirmados no globo - um pouco mais de 25 milhões. Para os especialistas, os números de contágios ficam aquém da realidade, face ao número reduzido de testes em muitos países. O número acumulado de óbitos no mundo é nesta altura de 2,1 milhões, de acordo com os dados da Universidade Johns Hopkins.