PS-M defende criação de plataforma de inovação empresarial e tecnológica ligada ao mar no porto do Caniçal

A Economia do Mar é uma das grandes apostas da candidatura do Partido Socialista-Madeira às eleições legislativas regionais, liderada por Paulo Cafôfo, que vê nesta área uma oportunidade de diversificação da economia regional, informa o PS...

PS-M defende criação de plataforma de inovação empresarial e tecnológica ligada ao mar no porto do Caniçal
A Economia do Mar é uma das grandes apostas da candidatura do Partido Socialista-Madeira às eleições legislativas regionais, liderada por Paulo Cafôfo, que vê nesta área uma oportunidade de diversificação da economia regional, informa o PS em comunicado. Segundo a mesma nota, neste âmbito, “uma das propostas dos socialistas passa pela criação de um ‘Port Tech Cluster’ no Caniçal, isto é, uma plataforma de aceleração de inovação empresarial e tecnológica nas áreas da Economia do Mar, numa perspetiva integrada, combinando as tecnologias portuárias com outras, que podem passar pelas áreas da indústria da transformação do pescado, a robótica, a construção naval, a aquacultura submersível, a automação logístico-portuária ou as tecnologias digitais que são aplicadas aos diversos setores marítimos”. Tal como explica Ruben Eiras, coordenador da área do Mar do programa do PS-M, “o que se verifica atualmente neste domínio é que as empresas, as universidades e os centros de investigação que estão a desenvolver este tipo de tecnologias têm um acesso difícil ao mar para testar as tecnologias, desde a sua fase inicial, de conceção, até à fase de prototipagem e de pré-comercialização, porque para tal têm de requisitar uma série de licenças a várias entidades”. “Além disso, estão desconectadas entre si, ou seja, não trabalham junto dos centros de investigação que desenvolvem determinado tipo de conhecimento”, acrescenta. O candidato socialista considera ainda, como tal, que seria vantajoso as empresas ou centros de investigação estarem no mesmo espaço físico na área portuária, porque o porto “é a interface de excelência entre terra e mar” e os portos têm poder dominial, o que permite acesso permanente e facilitado ao mar.