Rui Barreto apresenta "o candidato do povo" a Câmara de Lobos

Líder do CDS diz que Pedro Coelho é um candidato vaidoso e Jacinto Serrão é um candidato contrariado. No Ilhéu de Câmara de Lobos, na apresentação da primeira candidatura em que o CDS concorre sem coligação com o PSD, Rui Barreto comparou os...

Rui Barreto apresenta
Líder do CDS diz que Pedro Coelho é um candidato vaidoso e Jacinto Serrão é um candidato contrariado. No Ilhéu de Câmara de Lobos, na apresentação da primeira candidatura em que o CDS concorre sem coligação com o PSD, Rui Barreto comparou os três principais candidatos à autarquia. O líder do partido exaltou as qualidades de Amílcar Figueira, o atual vereador do CDS em Câmara de Lobos que procura ser reeleito a 26 de setembro. Disse Barreto que Amílcar é um homem dedicado, humilde e comprometido com a sua terra.  Comparou depois as diferentes candidaturas concluindo que Pedro Coelho, candidato do PSD, concorre a pensar noutros horizontes, como o demonstra a propaganda que mostra Coelho a sair do cartaz. Já Jacinto Serrão, candidato do PS, surge contrariado por ter sido obrigado a concorrer em Câmara de Lobos, diz Barreto. Na sua intervenção, o líder do CDS defendeu ainda a matriz do seu partido no poder local. Lembrou o exemplo da Câmara de Santana, com vários programas e medidas amigas dos munícipes. "Uma câmara-modelo", disse, referindo-se aos apoios sociais atribuídos, às contas certas, ao intenso programa de ajuda às empresas do concelho.  O CDS, disse Barreto, é um partido de causas e não de modas. Sem se referir a outros partidos, Rui Barreto lembrou a importância de os eleitores votarem em quem está comprometido com o concelho e não em candidatos que não têm relação com o município e as suas gentes.