Trump admitiu pela primeira vez testemunhar no inquérito para a sua destituição

O Presidente dos EUA, Donald Trump, admitiu hoje “considerar seriamente” a possibilidade de testemunhar por escrito no inquérito para a sua destituição, que decorre no Congresso. “Embora eu não tenha feito nada de errado e não goste de dar...

Trump admitiu pela primeira vez testemunhar no inquérito para a sua destituição
O Presidente dos EUA, Donald Trump, admitiu hoje “considerar seriamente” a possibilidade de testemunhar por escrito no inquérito para a sua destituição, que decorre no Congresso. “Embora eu não tenha feito nada de errado e não goste de dar credibilidade a este embuste que não leva a lado nenhum, agrada-me a ideia e irei (…) considera-la seriamente”, escreveu hoje Donald Trump na sua conta pessoal da rede social Twitter, referindo-se ao desafio que lhe tinha sido lançado pela presidente da Câmara de Representantes, a democrata Nancy Pelosi. Esta é a primeira vez que Trump admite a possibilidade de testemunhar perante o Congresso que, na semana passada, iniciou as sessões públicas de audições no inquérito para a destituição do Presidente, que tem sido muito crítico de todo o processo, considerando que ele apenas se destina a prejudicar a sua campanha para reeleição em 2020.