Turista caído num poço em Bali resgatado seis dias após o incidente

Um homem de origem ucraniana que tinha caído a um poço abandonado depois de ter sido atacado por um cão na ilha indonésia de Bali foi resgatado seis dias após o incidente, anunciou hoje a polícia em Denpasar.   Robert Jacob Matthews, 29 anos,...

Turista caído num poço em Bali resgatado seis dias após o incidente
Um homem de origem ucraniana que tinha caído a um poço abandonado depois de ter sido atacado por um cão na ilha indonésia de Bali foi resgatado seis dias após o incidente, anunciou hoje a polícia em Denpasar.   Robert Jacob Matthews, 29 anos, encontrava-se encurralado num poço de cimento com quatro metros de profundidade, com a perna partida, numa quinta da povoação de Pecatu. O homem esteve seis dias no poço, tendo sido detetado pelos aldeões, que o ouviram a pedir auxílio. Os habitantes da zona foram-lhe fornecendo alimentos e água e chegaram a tentar retirar o ferido do poço com a ajuda de uma corda, mas o homem não foi capaz de se movimentar devido aos ferimentos numa perna.  O chefe da polícia, Yusak Agustinus Sooai, disse que um grupo de resgate foi enviado para o local, equipado com fatos de proteção contra o coronavírus. Os elementos da equipa de resgate conseguiram retirar o ferido do poço no sábado à noite tendo transferido Robert Jacob Matthews para um hospital.    "Ele (Matthews) disse às autoridades que caiu no poço quando tentava fugir de um cão que o tinha atacado e que sobreviveu nos primeiros dias bebendo a água que se encontrava no buraco", disse o chefe da polícia. Matthews encontra-se de férias em Bali desde março e é portador de um passaporte ucraniano e de uma carta de condução emitida no Reino Unido, disse Yusak Sooai.